Tenetehara Guajarara

Tags

, , ,

Diz minha avó paterna que a avó dela era uma indiazinha linda quando, no meio da floresta, chegaram caçadores e mataram a tribo toda!

Os caçadores eram europeus e descobriram minha bisavó encolhida debaixo de uma moita, ela rosnava feito um gato selvagem, foi laçada e carregada em uma rede de caça.

Um deles dos caçadores a adotou, e quando ela se tornou mulher, eles se casaram. Meu pai diz que seu bisavô era tão branco, mas tão branco que as pessoas achavam que ele era um fantasma!

Essa e outras várias estórias da família, como as diferentes espécies de plantas para cada tipo de doença e saídas para caçar e o preparo das carnes de tatus, macacos e antas eram contadas em animadas reuniões regadas à café, cuscuz e farinha.

Nasci em São Luis, mas saí do Maranhão quando fiz quatro anos e por isso, nada sei profundamente sobre minha terra e meus antepassados.

Uma vez, conversando com amigos, contei essa pequena estória sobre minha família, meu amigo contou sobre a família dele de origem italiana que veio fugida para o Brasil, já o terceiro amigo nada sabia sobre a dele. Notamos que ele ficou bastante triste.

Sabe aquela frase “Conheça-te a ti mesmo” do Sócrates? Fazer o exercício de se conhecer profundamente te ajudará a entender melhor seus anseios, com certeza essa investigação será maravilhosa.

Finalmente em maio/2017 verei pela primeira a região onde nasci e pretendo aumentar esse texto.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

links para saber mais:

http://zahyguajajara.blogspot.com.br/2012/04/conhecendo-os-tenetehara-guajajara.html

http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0034-77012003000100007

Anúncios

Dia Internacional da mulher

tumblr_mgsqi9Wu001qd0hhdo1_1280

Ainda usam sapatinhos para deixar o pé pequeno;
Ainda são jogadas no lixo ao nascerem;
Ainda são queimadas com ácido por mostrarem o rosto;
Ainda morrem apedrejadas por pedirem divórcio;
Ainda são estupradas pq mostraram um tornozelo, ou um cotovelo, ou uma parte do cabelo, ou uma parte do rosto, ou usam calças, ou são lesbicas;
Ainda têm o casamento arranjado;
Ainda casam antes dos 13 anos;
Ainda são vendidas para cobrir dívidas da família;
Ainda têm a virgindade leiloada;
Ainda não podem vestir o que quiserem;
Ainda têm o clitóris cortado;
Ainda não podem estudar;
Ainda não podem votar;
Ainda recebem salario inferior exercendo a mesma profissão de um homem;
Ainda acreditam que filho salva casamento;
Ainda nunca tiveram orgasmo;
Ainda acreditam que ter filho é a melhor coisa que uma mulher pode fazer;
Ainda devem ter filhos até morrer;
Ainda não podem usar anticoncepcional;
Ainda são impuras quando ficam menstruadas;
Ainda têm dupla jornada de trabalho;
Ainda crianças são iniciadas nas prendas do lar enquanto os irmãos podem brincar;
Ainda não podem fazer aborto;
Ainda há mulheres que defendem itens dessa lista!

‪#‎diainternacionaldasmulheres‬ ‪#‎machismo‬ ‪#‎mulheres‬ ‪#‎feminismo‬

Sobre a imagem…

POEMINHA DO CONTRA
Todos estes que aí estão
Atravancando o meu caminho,
Eles passarão.
Eu passarinho! >Mario Quintana<

> photo by pinterest<

Bobo é aquele que subestima as redes sociais!

Tags

, , , , , , , ,

Não queria falar de namoro. Mas hoje em dia não se vê muita gente comemorando quatro anos de relacionamento!! Principalmente quando ele teve início na internet!

Namoro virtual vinga sim!!

r

Conheci o Rudá no ano de 2004 em uma comunidade de poesias do Orkut. O nome dele me chamou a atenção porque pensava se tratar do filho da Pagu com o Oswald de Andrade – um importante casal de poetas do Movimento Modernista Brasileiro de 1922.

Depois de desfeita a confusão, pois o Rudá não era o Rudá que eu achava que era (ele me disse que sua mãe lhe deu este nome porque ela gostava de poesia), iniciamos uma amizade online.

Não conversávamos muito, nosso bate-papo ficava mais no “oi tudo bem?”, feliz aniversário, natal e ano novo.

r

Tudo mudou quando ele viajou para Campinas e antes de voltar pro Rio ele me perguntou se eu apresentaria São Paulo pra ele. A viagem ocorreu em 26/07/2008 e até aquele dia jamais cogitamos a possibilidade de romance.

Estávamos em julho e como é natural, fazia muito frio em Sampa! Exatamente 13ºC, mas mesmo assim, visitamos o bairro da Liberdade, a Catedral da Sé, a Galeria do Rock, o Museu da Língua Portuguesa, a Pinacoteca e o Parque da Luz onde nos beijamos bem no final da tarde o que rendeu uma foto na “Esquina da Ipiranga com a São João” s2.

P

No dia seguinte ele comprou um colar “yin e yang” numa famosa feirinha japonesa no bairro da Liberdade, me deu uma metade do colar e me pediu em namoro e eu o presenteei com anéis – JURO QUE NÃO ESTAVA PENSANDO EM NADA quando comprei os anéis dourados e mandei gravar nossos nomes neles – ! estava apenas imitando um filme que adoro “Before Sunrise” basicamente é a história de dois jovens totalmente desconhecidos que se encontram em um trem em Paris e resolvem abandonar o cotidiano para viver um dia incrível e no dia seguinte – quando eles se despedem – cada um fica com um objeto do outro para recordarem eternamente.

d

Sofremos muitoooo durante um ano e seis meses namorando à distãncia via msn, webcam, bônus de celular + ponte aérea SP-Rio e Rio-SP e horas de ônibus (que só quem passou por isso sabe a tristeza que é), quando em dez/2009 terminei minha faculdade e o Rudá me pediu pra morar com ele no Rio, o que fiz em janeiro de 2010!

Uma curiosidade! Tenho ascendência indígena e meu nome é formado a partir de “carioca” e o Rudá tem o nome indígena (significa “Deus do Amor” em tupi) e é carioca!

Notaram? Sou carioca de nome e ele é carioca de nascimento! Tenho sangue  indígena e ele tem o nome indígena! E com a bênção da Pagu e do Oswald  em 26/07/2012 faremos quatro anos de “namoro” já que ainda não vesti véu e grinalda, mas isso ainda há de acontecer!!!  rs

Há exatamente quatro anos sou carioca de “verrrdadi” não só no nome, mas também no coração!!!

E pra comemorarmos nosso aniversário fomos ver o pôr do Sol de um dos pontos mais altos e lindos do Rio de Janeiro: O Corcovado!

Três Zoológicos!

Quando eu tinha uns sete anos meus pais levaram meus irmãos e eu ao zoológico pela
primeira vez. Morávamos em Brasília e minha experiência não foi nada agradável. Ao saber do nosso passeio um vizinho, ou algum parente, nos contou que anos antes uma criança caiu na jaula das ariranhas e quase foi morta por elas, escapou por que foi salva por um sargento¹ que acabou sofrendo diversas mordidas que infeccionaram e ele morreu no hospital.

Por causa disso, fiquei com medo de ir ao zoo. Chegando lá não gostei de ver os animais presos, achei horrível a situação deles e ficava imaginando que foi por causa disso que eles atacaram o garoto e fiquei com mais medo ainda ao pensar o que eles fariam comigo se eu caísse em suas jaulas. No tanque das ariranhas lembrei da história e não conseguia acreditar que uns bichinhos tão lindos podiam fazer isso com a gente.

Fiquei assustadíssima com o rugido do leão, o barulho que o elefante fazia e a respiração dos tigres e durante noites seguidas eu tive pesadelos e tinha que dormir com meus pais (acho que eles nem lembram mais disso). Pra quem não conhece Brasília ela só tem retas, não há morros ou montanhas como no Rio, ou São Paulo e em meus pesadelos os animais seguiam lado a lado pela imensa rua onde eu morava urrando e fazendo os mais diversos barulhos até pararem à beira da minha cama e eu acordava exatamente nesta hora e corria para o quarto dos meus pais.

Quando estava morando em São Paulo aos cerca de treze ou quatorze anos fui ao zoo com meus primos, fizemos piquenique e foi bem legal.

Hoje estou morando no Rio e visitei o Jardim Zoológico com meu namorado, minha vizinha e seu neto. Tive a mesma sensação da minha primeira vizita. Fiquei imensamente triste ao ver os animais enjaulados em celas tão pequenas que mais pareciam aquelas dos circos que, graças aos bons, praticamente não existem mais. Estranhamente eram os reis das florestas, e savanas e dos ares que pareciam super mal tratados, as celas deles eram minúsculas e a única coisa que eles faziam era andar de um lado para outro, ou se agarragem às grades na tentativa inútil de fugir dos gritos das crianças e dos flashs das máquinas dos pais (mais mal educados ainda). Tive que falar o tempo todo pra eles pararem de gritar e cheguei a perguntar para um pentelho se ele ia gostar de ficar preso assim. Quanto mais eles gritavam, mais os leões, tigres e urubus-rei se debatiam. Minha tristeza só aumentava. Fiquei tão cansada que nem visitei o restante do local.

Vendo essas cenas todas a gente só pode concluir que o ser humano surgiu para desgraçar a vida de todo e qualquer ser vivo que existe, do minúsculo ao maior de todos.

Espero que quando houver a “Revolução dos Bichos” eles façam distinção entre os humanos que merecem dos que não merececem sua vingança…se é que existe algum inocente nessa história toda.

¹ http://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%ADlvio_Delmar_Hollenbach

kpc 25/07/2012

Uma Ponte !!

427171_391685407526761_1782003310_n

Hoje (18/07) é aniversário da minha mãe gatíssima e ainda um exemplo de coragem e determinação! Ela saiu de casa aos 18 anos e com a minha idade ela já tinha quatro filhos! Dona Ana trabalhou duro durante anos num emprego que ela não gostava pra ajudar meu pai a criar os filhos!

Aos 50 anos ela finalmente conquistou seu diploma universitário, mas antes, ralou muito acordando todos os dias à 5h da manhã para trabalhar e chegando em casa após as 23h e ainda manteve muito bem toda a responsabilidade de ser mãe! Ela foi a primeira da sua família a ter um diploma, e hoje é uma mulher totalmente independente, comprou um carro aprendeu super rápido a dirigir e  trabalha num emprego que adora!

Tornou-se poetiza e ganhou o 2º lugar no 6º Prêmio Barueri de Literatura. Teve seus contos publicados em três antologias poéticas e desenvolve projetos para despertar nas crianças o prazer de ler! Além de claro, frequentar tudo quanto é sarau e reuniões literárias por São Paulo!

Viram só as conquistas dessa mulher FODA que ainda é capaz de ser toda linda, magra e loira!!

Uma mulher incrível, de muita fibra! Viajou comigo em uma caravana para Rio de Janeiro somente para vermos o show dos Rolling Stones (aliás, essa foi a primeira vez que conhecemos a Cidade Maravilhosa). Queria eu ter a força que ela tem, mas só herdei foi o tamanho! kkk Ela é uma canceriana toda romântica e no meu primeiro emprego (quando eu tinha 16 anos) a presenteei com uma cesta de café da manhã e flores! Ela nunca havia ganhado flores e chorou a semana inteira! Nunca vou esquecer daquele dia ♥

Quando fiz 18 anos ela me levou pra doar sangue, coisa que sempre tive vontade, -ela tem até a carteirinha “irmãos de sangue” da Fundação Pró-Sangue que só quem já doou muito é que tem –  Hoje eu sonhei que ela tava aqui no Rio e a levei pra comer num restaurante chique aqui na minha rua a Lavradio. Mãe te admiro muito! Sempre tive orgulho de você e você sabe disso! Felicidades no seu aniversário! Saudades ♥

2860_484659741574345_1106997775_n 422392_391685287526773_1172712160_n

KPC 18/07/2012

Um Carvalho

Há pessoas que têm duas datas de aniversário, a de nascimento e outra que geralmente é ganha após sair ileso de um acidente, ou ter recebido um transplante de órgão. Dia nove de julho é o aniversário de nascimento do meu pai que se chama José Carvalho, e quando se converteu ao judaísmo ganhou uma nova data, o dia quinze de julho que também veio acompanhado por um novo nome, meu pai também se chama Yossef Karvalio e desde 2005 que ele não ganha um abraço meu porque resolveu morar do outro lado do mundo, lá em Israel!

05/01/2012 – Minha vó (direto do Maranhão), meu pai (direto de Israel) e eu (do Rio) visitando os nossos em São Paulo!! Fiquei 6 anos sem ver meu pai e 15 anos sem ver minha avó!! Numa tacada só abracei os dois hoje em Sampa!!

Árvore Carvalho

Meus pais sempre foram rock’n roll tranquilões do tipo Beatles e Elton John! Cresci ouvindo só coisa boa! Meu pai é todo estudioso, tipo intelectual e bem humorado, mas ele também era um cara durão e complicado na maioria das vezes, hoje entendo seus motivos. Quando estava de bom humor batia altos papos com meus amigos sempre curiosos em relação ao judaísmo. Às sextas feiras para recebermos o “Shabat” ele fazia a “Challah”pão trançado tradicional judaico para comermos com vinho e meus amigos e os da minha irmã eram convidados a participar, meu pai ficava todo feliz! Muita saudade daquela época!

Tribo Guajarara

pintura

Diz minha avó que a avó dela era uma indiazinha linda quando, no meio da floresta, chegaram caçadores e mataram a tribo toda! Os caçadores eram europeus e descobriram minha bisavó encolhida debaixo de uma moita, ela rosnava feito um gato selvagem, foi laçada e carregada em uma rede de caça. Um dos caçadores a adotou, e quando ela se tornou mulher, eles se casaram. Meu pai diz que o bisavô dele era tão branco, mas tão branco que as pessoas achavam que ele era um fantasma! Essa e outras várias estórias da família, como as diferentes espécies de plantas para cada tipo de doença e saídas para caçar e o preparo das carnes de tatus, macacos e antas eram contadas em animadas reuniões regadas à café, cuscuz e farinha. Muita saudade daquela época!²

Meu pai é exemplo e coragem! Saiu de casa, mudou de país, meteu às caras sem saber falar quase nada de hebraico e hoje está muito bem! Sempre com o apoio de uma família linda, viu Hadassa Lerner!!

Nove dias após o aniversário do meu pai é a vez da minha mãe! Olha só eu toda ariana em marte tendo um pai canceriano machão e uma mãe canceriana totalmente romântica!!Sofri com o gênio desses dois. Eles estão separados desde 2004! Foi melhor assim! Admiro muito a força de vontade e coragem do meu pai!!Não vejo a hora de poder visitá-lo na linda cidade de Jerusalém! Saudades!! ♥

p.s. uma curiosidade: Foi ele que me apresentou a deliciosa combinação café, leite, bolacha e um toque de manteiga dentro de uma caneca!! Amooooo

WP_20150625_003

KPC 18/07/2012

1º Fórum Mulheres Reais que Inspiram

Fiquei sabendo só agora…

Esta semana está para acontecer um fórum que acredito ser de grande importância por que coloca em destaque a mulher em ação. Estamos cansad@s de só ouvir os problemas e as dificuldades sem nenhuma ação contrária de fato acontecendo e ainda mais: trazendo resultados.
Acredito que este fórum mostrará que a mulher além da voz, começa a ter forças para agir com segurança, pois tem o apoio de entidades, do governo, do estado…essa voz surge principalmente em lugares onde pensar esta possibilidade de re-ação pode levá-la facilmente à pena de morte.
O Brasil é o maior país católico do mundo e isso não significa nada (como se significasse alguma coisa ¬¬) em relação ao tratamento que a mulher recebe. Religiosamente, a mulher surgiu para ser a companheira do homem, mas, em muitos países ela surgiu para ser escrava, para ser um animal que apenas gera descendentes (do sexo masculino de preferência), e ainda como vimos, a mulher serve como arma de guerra para espalhar (involuntariamente) a AIDS bairro/cidade à fora. Ela não precisa saber ler e escrever, e sim costurar, lavar, cozinhar e cuidar dos filhos (que surgem como ninhadas) para orgulho do senhor seu marido.
Hoje a cada cinco minutos uma mulher é agredida no Brasil ¹ em 2006 ano da criação da “Lei Maria da Penha” – já citada neste blog – a agressão ocorria a cada QUINZE SEGUNDOS.
Nosso país conseguiu mudar muito a situação da mulher, mas, a desigualdade continua grande. No mercado de trabalho ainda vemos uma enorme diferença salarial entre funcionários que exercem a mesma atividade, mas têm o sexo como diferencial.
Essas mulheres de coragem que se reunirão em São Paulo precisam mostrar à muitas outras que a mulher é de extrema importância pelo simples fato de caber somente à ela a perpetuação da espécie humana.
Recentemente ocorreu no Rio de Janeiro a Rio+20 (conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável) que foi praticamente um fiasco. Sabe qual atitude eu colocaria na cabeça das mulheres? GREVE! ” Nós mulheres do mundo a partir de agora decidiremos não mais ter filhos, visto que, os países não têm interesse em mudar o rumo da degradação do planeta e como não há segurança para nossos filhos no mundo que os políticos escolheram, nós mulheres decidimos não mais gerar filhos até o ano em que as mudanças necessária a boa qualidade de vida sejam feitas.”
A GREVE GERAL tem como origem a peça de Aristófanes “Lisistrata: A Greve do Sexo”, mas ao invés de usar o sexo, usaremos a não-reprodução como arma para mudar o mundo de vez!
Infelizmente o fórum vai ocorrer num país onde a nossa presidente ainda mantém um péssimo “Plano Nacional de Educação” e por isso a sociedade não procura ler bons jornais e muito menos saber o que acontece no mundo politicamente falando. Muito menos a sociedade consegue distinguir o importante do supérfluo, coisa que não acontece não só aqui, mas no mundo inteiro. É dessa forma que ativistas como a Marie Nozli ³ voltará à Congo numa situação pior do que chegou. Ela saberá que o mundo inteiro sabe o que acontece no seu país, mas ninguém pensa em mudar nada por que acha melhor comprar diamante do  que resolver “briga alheia”.
Fiquei sabendo só agora…queria tanto participar desse fórum. Mas é em São Paulo e eu moro no Rio! Espero que ele seja inteiro postado em algum blog!
Lei Maria da Penha http://wp.me/p1rMSb-1T
kpc 30/06/2012

Rio+20 #Humanidade2012

Não faço ideia do porque dessa exposição ter durado só duas semanas! Pouquíssimo tempo (de 11 à 22/06) e sendo que todos os dias a fila pra entrar durava em média 2h e 30 mim!

Seria tão ruim ter sido prorrogada? Se isso tivesse acontecido eu teria ficado muito menos do que as 3h na fila e consequentemente teria mais energia para acompanhar todos os depoimentos com cerca de 15 min de duração nos quase 16 monitores de tela 10 polegadas espalhados de dois em dois, ou quatro em quatro em cada uma das nove salas dessa exposição!Fiquei horas debaixo de um Sol do caramba e em cada sala me deparo com essas telinhas com depoimentos importantes de físicos, pesquisadores, artistas, cientistas, antropólogos…e mesmo sem um banco pra sentar eu insistia em acompanhar cada dela, mesmo sendo interrompida de segundo em segundo por pessoas super educadas que entravam na minha frente sem se preocuparem com a minha leitura. O povo acha de parar na minha frente pra tirar foto da tela, ou acompanhar 5 segundos de depoimento e sair para a sala seguinte! Aff

Fiquei besta com algumas coisas…a gente fica horas no Sol e na entrada eles nos dão copos d´água de graça!! Achei ótimo tomar uma água geladinha! Mas o problema é que não havia uma única lixeira pra gente jogar os copos plásticos vazios!! Fiquei bastante tempo com o copo na mão até encontrar uma lixeira. Antes disso cheguei a ver váarios copos jogados em cantinhos no chão e atrás de plantas.

Depois que bebi água me deu uma vontade de ir ao banheiro e… não havia banheiro no início da exposição!! Os únicos sanitários ficavam láaa no alto, no final da exposição e eu não podia utilizar o elevador pra chegar até lá! Olha só que coisa bacana!

Além das lixeiras serem escassas havia um problema: na lanchonete a gente compra salgado, suco e refrigerante e nada de ter uma lixeira com as indicações: plástico, papel, metal e orgânico! Acreditam!! só havia a indicação: uma lixeira escrito orgânicos e outra recicláveis!kkk

Sobre as instalações…duas ou três eram bem legais! Logo de cara a 1ª mostrava tudo que a natureza construiu e o que o homem destruiu e esse processo de destruição é feito por uma máquina que é o símbolo da presença da evolução do homem. Na sala seguinte só há números sendo atualizandos de segundo em segundo mostrando quantos anos ainda teremos petróleo, quantas crianças estão nascendo, quantas pessoas estão morrendo, quanto é desmatado, quanto é poluído…outras salas ficam só na beleza do colorido vibrante e tecnológico, mas não trazem nada de novo. O que me espantou nessa exposição foi que a grande maioria das instalações não fogem em nada àquelas feiras de ciências e tecnologia ou de literatura da escola, manja? Todo mundo já teve que fazer trabalho de final de ano no ensino médio, né!! Onde é que você vê poemas impressos em letras enormes espalhadas nas paredes? Maquetes de prédios que mostram a estrutura ecológica da construção? Maquete de um novo museu? A representação de uma floresta com sons e fotos?

Havia uma sala com um “efeito 3D” vergonhoso e outra que mostrava um vento forte e em seguida um calor do caramba pra fazer o carioca saber o que é a mudança drástica de temperatura ou as “forças da natureza” e não há nenhum aviso “mulheres devem vir de calça à exposição”…

A coisa boa que eu queria ver era a biblioteca com os 10 mil livros selecionados por personalidades, mas… acreditam que a sala estava fechada para um evento particular??? Foda! 3 horas  de fila + 2 h na exposição e não vi a melhor e última sala ¬¬

Só mais uma coisa: Os assuntos da Rio+20 eram os mesmos da Eco92 e o resultado segunda foi pior do que o da primeira! A estrutura da Humanidade2012 era imensa!! Quem lucrou com tudo isso?? Resposta: O MUNDO É QUE NÃO FOI !! http://ips.org/ipsbrasil.net/nota.php?idnews=8432

Dilma Rousseff a primeira presidente do Brasil!

Não quero nem saber! Votei na Dilma Rousseff¹ !!

Já tinha interesse na vida desta mulher desde a época em que ela foi nomeada ministra-chefe da casa civil. Lembro que na época rolaram muitos discursos machistas vindos inclusive do próprio governo. Daquela casa de ladrões e preconceituosos a gente pode esperar qualquer coisa!

Acredito que se tivesse vivido naquela mesma época da ditadura militar teria acontecido comigo muito pior do que aconteceu com ela, simplesmente pelo fato de eu não vir de família rica. Acredito que foi só por isso que ela conseguiu sobreviver às covardias que aconteciam naqueles ano de 1960 e 1970.

Vejam só o que aconteceu com ela:

Dilma Vana Rousseff(Belo Horizonte, 14 de dezembro de 1947) é uma economista e política brasileira, filiada ao Partido dos Trabalhadores (PT), e a atual presidente da República Federativa do Brasil. Durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, assumiu a chefia do Ministério de Minas e Energia, e posteriormente, da Casa Civil. Em 2010, foi escolhida pelo PT para se candidatar à Presidência da República na eleição presidencial,sendo que o resultado de segundo turno, em 31 de outubro, tornou Dilma a primeira mulher a ser eleita para o posto de chefe de Estado e de governo, em toda a história do Brasil.

Nascida em família de classe média alta, interessou-se pelos ideais socialistas durante a juventude, logo após o Golpe Militar de 1964. Iniciando na militância, integrou organizações que defendiam a luta armada contra o regime militar, como o Comando de Libertação Nacional (COLINA) e a Vanguarda Armada Revolucionária Palmares (VAR-Palmares). Passou quase três anos presa entre 1970 e 1972, primeiramente na Operação Bandeirante (Oban), onde teria passado por sessões de tortura, e, posteriormente, no Departamento de Ordem Política e Social (DOPS).

Reconstruiu sua vida no Rio Grande do Sul, onde, junto a Carlos Araújo, seu companheiro por mais de trinta anos, ajudou na fundação do Partido Democrático Trabalhista (PDT) e participou ativamente de diversas campanhas eleitorais. Exerceu o cargo de secretária municipal da Fazenda de Porto Alegre de 1985 a 1988, no governo Alceu Collares. De 1991 a 1993 foi presidente da Fundação de Economia e Estatística e, mais tarde, foi secretária estadual de Minas e Energia, de 1999 a 2002, tanto no governo de Alceu Collares como no de Olívio Dutra, no meio do qual se filiou ao Partido dos Trabalhadores (PT) em 2001.

Em 2002, participou da equipe que formulou o plano de governo de Luiz Inácio Lula da Silva para a área energética. Posteriormente, nesse mesmo ano, foi escolhida para ocupar o Ministério de Minas e Energia, onde permaneceu até 2005, quando foi nomeada ministra-chefe da Casa Civil, em substituição a José Dirceu, que renunciara ao cargo após o chamado escândalo do mensalão.

Não é pra ter orgulho da nossa mais nova presidente?

kpc 02/11/2010

¹ http://pt.wikipedia.org/wiki/Dilma_Rousseff

Mais detalhes das eleições: http://g1.globo.com/especiais/eleicoes-2010/noticia/2010/10/dilma-rousseff-e-primeira-mulher-eleita-presidente-do-brasil.html